terça-feira, 27 de outubro de 2015

Estudante de 15 anos morre depois de ser atingido por apagador em sala de aula


Jovem de 15 anos morreu no final de semana
(Foto: Reprodução/Facebook)


Um adolescente de 15 anos morreu no interior de São Paulo, dois dias depois de ser atingido por um apagador jogado por um colega, dentro de sala de aula, na Escola Estadual Ariovaldo da Fonseca, em Ibitinga. Fernando Fragali morreu no sábado, depois de ficar internado na Santa Casa de Araraquara, cidade vizinha.

Segundo a polícia, a brincadeira entre os colegas aconteceu quando a sala estava sem professor. Os estudantes começaram a brincar jogando o apagador no quadro e em determinado momento Fernando foi atingido na cabeça. Depois, o adolescente começou a sentir tontura e vômitos.

A mãe de Fernando foi chamada até o colégio e o levou a um pronto-socorro. Ele chegou já com sinais de confusão mental e foi transferido para a Santa Casa da cidade e, em seguida, para Araraquara. No sábado às 23h Fernando morreu.

A polícia aguarda o exame que apontará a causa da morte de Fernando. "O caso foi registrado em Araraquara e, oficialmente, a gente ainda não recebeu a documentação que foi feita lá. Tivemos acesso ao registro e estamos fazendo diligências para verificar quem era responsável pela sala de aula no dia e quem atirou o apagador. Ainda precisamos esperar o laudo do IML para saber exatamente a causa da morte. Se ele morreu em virtude do golpe na cabeça, a conduta principal é de quem lançou o apagador. Ainda há uma contradição sobre quem atirou o objeto, estamos em fase inicial da investigação ainda", contou ao Extra o delegado de Ibitinga, Márcio Moretto.

O corpo de Fernando foi sepultado no domingo e mais de 300 pessoas foram à cerimônia, no cemitério municipal de Ibitinga.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

POPULAÇÃO DEVE COMBATER O AEDES AEGYPTI EM 2017

Com a virada do ano e a chegada do verão, período chuvoso e quente, devemos redobrar os cuidados com a limpeza de caixas d’água, pisci...