quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Bahia só vacinou pouco mais de 12% das crianças contra sarampo e poliomielite




Bahia só vacinou pouco mais de 12% das crianças contra sarampo e poliomielite
Foto: Agência Brasil


Mais de uma semana após o início da Campanha Nacional de Vacinação, apenas 12,18% das crianças foram imunizadas contra sarampo na Bahia, enquanto o número de imunizações contra poliomielite equivale a 12,43% do público-alvo. De acordo com balanço do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça-feira (14), foram aplicadas 3,6 milhões de doses em todo o país (cerca de 1,8 milhão para cada doença), ou seja, cerca de 16% das crianças.

A campanha deste ano é indiscriminada, ou seja, devem ser vacinadas todas as crianças com idade de um a cinco anos incompletos até 31 de agosto, data de encerramento da iniciativa. A expectativa da pasta é imunizar pelo menos 11,2 milhões de crianças em todo o país. 

Entre os estados com melhor cobertura vacinal neste momento estão: Rondônia, com 45,01% para a pólio e 43,84% para o sarampo, seguido por São Paulo com 28,35% pólio e 27,91% sarampo. Entre as coberturas mais baixas, destacam-se: Amazonas, com 3,23% do público-alvo vacinado para pólio e 3,24% para sarampo e Roraima, que tem 4,98% pólio e 3,60% sarampo.



Bahia Notícias




TRE-BA funcionará em regime de plantão até o dia 31 de agosto



A Tarde/Uol




O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), que fica localizada no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, funcionará em regime de plantão aos sábados e domingos até o dia 31 de agosto. Segundo o órgão, o esquema especial faz parte do Calendário Eleitoral fixado para o pleito deste ano.

Além disso, a partir desta quinta, 16, o TRE-BA funcionará de 16h às 19h, incluindo às sextas-feiras, quando os serviços do órgão normalmente são oferecidos apenas pela manhã.

O plantão atinge diversas áreas do órgão, a exemplo da Assessoria de Juízes; Assessoria Especial da Presidência; Assessoria de Comunicação Social e Cerimonial; Coordenadoria de Eleições e de Logística; Seção de Protocolo e Expedição; e Secretaria Judiciária.

Este ano, as eleições ocorrem no dia 7 de outubro, das 8h às 17h. Caso haja segundo turno para presidente ou governador, o novo pleito será realizado no dia 28 de outubro, também das 8h às 17h.



Dodge pede que TSE barre Lula com base na Lei da Ficha Limpa



Raquel Dodge, em evento em Brasília 7/12/2017 
REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu na noite desta quinta-feira que a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto seja barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por considerar que o petista é inelegível após ter sido condenado em segunda instância.

O pedido, encaminhado ao ministro Roberto Barroso do TSE, argumenta que o ex-presidente foi condenado criminalmente em segunda instância, no âmbito da operação Lava Jato. Segundo a Lei da Ficha Limpa, esse fato retirou dele a capacidade eleitoral passiva.

No documento, Dodge, que também é procuradora-geral Eleitoral, apresentou certidão emitida pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que confirmou a condenação determinada em primeira instância no caso do tríplex do Guarujá (SP), e aumentou a pena para 12 anos e 1 mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.


Mensagem do Dia: Deus é Fiel






Guarde o teu coração para que nele habite somente o que vem de Deus, pois o que vem d’Ele é bênção para nossas vidas. Entrega o teu caminho ao Senhor, confie sem reservas e descanse, Deus é fiel. O teu caminho Ele ilumina, a tua vida Ele protege, tuas lutas Ele ajuda a vencer e da tua vida Ele escreve uma história surpreendente. Faça o seu possível e o impossível, ore para Deus resolver. Seja sempre humilde, pois desta forma estará dando melhores condições para receber e absorver as orientações do Pai Celestial. Os humildes herdarão a terra, já dizia Jesus quando aqui esteve.



quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Primeira semana de vacinação imuniza 10% das crianças contra pólio e sarampo



Primeira semana de vacinação imuniza 10% das crianças contra pólio e sarampo
Foto: Reprodução / EBC


Na primeira semana da Campanha Nacional de Vacinação Contra a poliomielite e sarampo, 1,16 milhão de crianças se vacinaram contra a pólio e 1,51 milhão contra o sarampo em todo o país. A quantidade corresponde a 10,36% do público alvo para a pólio e 10,27% para o sarampo. A Campanha Nacional de Vacinação ocorre até o dia 31 de agosto e o dia D de mobilização nacional será no próximo sábado, dia 18 de agosto. A pretensão do Ministério da Saúde é vacinar mais de 11 milhões de crianças de um a cinco anos durante o período. 

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, acha que "somente vacinando essas 11,2 milhões de crianças criaremos uma barreira sanitária para impedir a propagação do vírus do sarampo que voltou a circular no país e evitar a reintrodução do vírus da paralisia infantil”. 

Até o momento, 2.251 municípios ainda não registraram os dados sobre as doses aplicadas durante a campanha no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) do Ministério da Saúde. A secretaria de Saúde reforça que estados e municípios devem manter o sistema de informação devidamente atualizado para ter conhecimento da real situação da cobertura vacinal no país. Entre os estados com melhor cobertura vacinal neste momento estão: Rondônia, com 39,88% para a pólio e 38,81% para o sarampo, seguido por São Paulo com 27,68% pólio e 27,23% sarampo. Entre as coberturas mais baixam, destacam-se: Roraima, com 0,61% do público-alvo vacinado para pólio e 0,57% para sarampo e Rio de Janeiro, que tem 1,85% pólio e 2,65% sarampo. doenças já eliminadas no Brasil.


Seis em cada dez crianças brasileiras vivem em situação de pobreza,alerta Unicef



Fonte: EBC
Foto: Ilustração/Internet


Trinta e dois milhões de crianças brasileiras vivem na pobreza. É o que aponta o Unicef, Fundo das Nações Unidas para a Infância e Adolescência, que divulgou, nesta terça-feira (14), o estudo inédito Pobreza na Infância e na Adolescência. 

O número equivale a 6 em cada 10 crianças vivendo na pobreza, no Brasil. 

A representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, explica a amplitude do estudo, que classifica a pobreza em seis fatores, além da questão financeira. 

Fábio Paes, assessor de incidência política da entidade de defesa das crianças, Aldeias Infantis, considera os números alarmantes. 

O que mais afeita a maioria é a falta de saneamento básico. Direito que é negligenciado para uma em cada quatro crianças. A situação é pior na região Norte, onde o problema atinge quase 45% delas. 

Em seguida, o acesso à educação, que afeta quase nove milhões de crianças e adolescentes. Depois faltam água, informação, moradia digna e o grupo é submetido, também, ao trabalho infantil.

Para Fábio Paes, os problemas refletem uma série de outros, ligados a políticas públicas. 

Florence Bauer, do Unicef, argumenta que, para a situação ser revertida, é preciso priorizar crianças e adolescentes em qualquer governo. 

Para ela, a qualidade de vida dessa população interfere, inclusive, na economia do país. 

Ao analisar grupos específicos, o estudo revela que a pobreza atinge mais os adolescentes que as crianças, mais os negros que os brancos, mais os da zona rural que os das cidades e muito mais nas regiões Norte e Nordeste, que no restante do país. 

Legislação brasileira, faixa etária e os dados disponíveis na Pnad, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, são critérios do documento. 

Por ser inédito, ele ainda não pode apontar se a situação melhorou ou piorou, no país.



Mensagem do Dia: Páginas da Vida





A vida é como um livro. Cada dia uma página nova. Cada hora uma vírgula. Mas nem o lápis pode escrever o futuro nem a borracha apagar o passado. E chega um momento em que Deus nos tira o lápis e escreve o FIM!
Por esse motivo, aproveite bem o hoje, pois cada momento é único, pois o passado não voltará e o futuro pode não chegar. Não desperdice o tempo com mágoas, brigas. Busque a felicidade e simplesmente seja feliz.
Tudo que viermos a plantar agora, é o que iremos colher amanha.


Bahia só vacinou pouco mais de 12% das crianças contra sarampo e poliomielite

Foto: Agência Brasil Mais de uma semana após o início da Campanha Nacional de Vacinação, apenas 12,18% das crianças foram imunizad...