sábado, 6 de agosto de 2016

APÓS CASO DE TROMBOSE, ANVISA EMITE RECOMENDAÇÃO SOBRE USO DE ANTICONCEPCIONAL


(Bahia Notícias)

Após caso de trombose, Anvisa emite recomendação sobre uso de anticoncepcional
Foto: Reprodução / Pixabay


Após a jovem Júlia Pinatti Bardella, que teve trombose venosa cerebral após cinco anos de uso de anticoncepcional, trazer a discussão da forma com que o anticoncepcional é utilizado e disponibilizado (veja aqui), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu uma recomendação sobre o consumo do remédio. 

O órgão afirmou que mulheres que usam anticoncepcionais contendo drospirenona, gestodeno ou desogestrel têm um risco de 4 a 6 vezes maior de desenvolver tromboembolismo venoso em um ano do que as mulheres que não usam contraceptivos hormonais combinados. Os benefícios e riscos do uso do medicamento são monitorados pela Anvisa e outras agências reguladoras internacionais. A agência reguladora afirmou ainda que, mesmo com os riscos, a utilização do anticoncepcional traz maiores benefícios, que acabam superando os malefícios. 

A instituição recomendou que antes do uso de contraceptivos, inclusive o anticoncepcional, deve ser levado em conta histórico médico da paciente, incluindo histórico familiar, exame físico com determinação da pressão arterial, exames das mamas, fígado, extremidades e órgãos pélvicos, além do Papanicolau. Após a realização do histórico, os exames precisam ser repetidos pelo menos uma vez ao ano enquanto o medicamento for consumido. 

A Anvisa ressaltou a importância da notificação dos casos adversos relacionados a medicamentos, que são obrigatórios por hospitais e serviços de saúde.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRESO POR NÃO PAGAR PENSÃO, EDILSON 'CAPETINHA' É SOLTO APÓS QUATRO DIAS

Correio24horas Foto: Arquivo/Correio24horas Depois de passar quatro dias detido por dívida de pensão alimentícia, o ex-jogador de fut...