quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

FEIRA DE SANTANA: PROFESSORES ACATAM PROPOSTA, MAS MANTÉM GREVE


foto

Durante assembleia, professores e dirigente da Aplb
 apreciaram a nova proposta



Os professores municipais de Feira de Santana, cidade localizada a cem quilômetros de Salvador, que estão em greve desde 11 de fevereiro, aceitaram em assembleia realizada nesta terça-feira (23) a proposta da prefeitura com relação à reserva de horário da categoria. Apesar disso, a greve dos professores foi mantida.

"Decidimos continuar em greve até que a prefeitura transforme a proposta em projeto de lei e encaminhe para votação na Câmara Municipal", afirmou Marlede Oliveira, diretora da Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB) em Feira de Santana.

Segundo ela, a proposta da administração municipal consiste em reservar, de forma progressiva, ao longo de três anos, um terço da carga horária dos professores para atividades fora da sala de aula. "Para os professores com carga horária de 20h semanais, a proposta dará 2h de reserva ainda este ano, mais 2h em 2016 e 3h em 2017. Para os professores com carga de 40h semanais, será o dobro disso", explica Marlede.

O G1 entrou em contato com Jayana Ribeiro, secretária de Educação da cidade, que informou que ainda não recebeu nenhum documento oficial relativo à decisão da assembleia dos professores. "Vamos aguardar que eles nos enviem a informação oficial, e a partir daí daremos encaminhamento à proposta", afirmou a secretária.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRESO POR NÃO PAGAR PENSÃO, EDILSON 'CAPETINHA' É SOLTO APÓS QUATRO DIAS

Correio24horas Foto: Arquivo/Correio24horas Depois de passar quatro dias detido por dívida de pensão alimentícia, o ex-jogador de fut...