sábado, 12 de dezembro de 2015

Vacina contra dengue será testada em 13 cidades e deve ser distribuída até 2017



Vacina contra dengue será testada em 13 cidades e deve ser distribuída até 2017
Foto: Venilton Kuchler/ ANPr

A vacina contra a dengue do Instituto Butantã, que teve a última fase para testes em humanos liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) (saiba aqui) será testada em 13 cidades, incluindo Recife, Manaus, Belo Horizonte e Porto Alegre. São Paulo será o primeiro município a ter as doses. Segundo o instituto, 17 mil voluntários, em todo o país, participarão do processo e a estimativa é de que a vacina esteja até 2017 na rede pública. 

A dose será única e capaz de proteger contra os quatro tipos de dengue. O primeiro passo agora será o recrutamento dos participantes, que serão acompanhados em 14 centros de pesquisa. Os trabalhos nas unidades não começarão ao mesmo tempo, e os voluntários serão monitorados durante cinco anos. Na capital, os estudos vão ser realizados na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. "Pelos dados que temos da fase 2, o nível de anticorpos está elevado, o que nos faz pensar que (a eficácia) é muito grande. 

O tempo (de duração do teste) vai depender de quanto vamos demorar para recrutar, mas muita gente quer participar", explicou Jorge Kalil, diretor do Instituto Butantã. Segundo ele, cartazes com explicações sobre o teste serão colocados nos centros de pesquisa. Pontos avermelhados no corpo e dor de cabeça estão entre os sintomas que podem aparecer em pacientes. Embora a vacina seja produzida com o vírus da dengue enfraquecido, os voluntários não correm o risco de ter a doença.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

MULTAS DE TRÂNSITO PODERÃO SER PAGAS COM CARTÃO E PARCELADAS

A partir de agora, os órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito (SNT) estão autorizados a arrecadar as multas de...