sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Sem previsão de acordo, greve dos médicos do INSS completa 2 meses





A greve dos médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) completou dois meses nesta quinta-feira (5), mas ainda não há previsão de acordo entre o governo e a categoria.

O delegado da Associação Nacional dos Médicos Peritos em Salvador, João Eduardo Pereira, informou que os profissionais aguardam uma resposta do Ministério do Planejamento sobre a pauta de reivindicações para que possam marcar nova assembleia.

A categoria quer, entre os pontos, a adequação da jornada de trabalho para 30 horas, o ajuste das gratificações e melhorias nas condições de trabalho.

Conforme Pereira, a pauta foi entregue ao governo, pela terceira vez, na útlima reunião de negociação, que ocorreu na do dia 27 de outubro.

"O Ministério do Planejamento estipulou para hoje [dia 5] a data limite para que pudesse dar uma resposta, mas ainda não se posicionou. Eles disseram que iriam estudar quais pontos de reivindicações da pauta seriam atendidos, mas ainda estamos aguardando. Somente depois disso é que iremos marcar assembleia para definir se manteremos ou não a greve", destacou.

"A gente continua em estado de greve e sem data para essa assembleia. Mas a demora é toda é por conta deles. Essa pauta já foi enviada ao governo desde o início do ano e é baseada apenas na estruturação da carreira, nem é salarial".

Fonte: G1/BA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

MARIDO MATA MULHER, ESCONDE CORPO E PEDE DESCULPA EM CARTA

Correio24horas O caseiro Orlando de Jesus, 53 anos, teve prisão temporária decretada nesta sexta-feira (20) acusado de matar a ...