quarta-feira, 12 de julho de 2017

MOSQUITO TRANSGÊNICO CONTRA DENGUE SERÁ LEVADO PARA MINAS GERAIS




Após resultado positivo em SP, mosquito transgênico contra dengue será levado para MG
Foto: Agência Pará


O programa de controle do Aedes aegypti com o uso de mosquitos geneticamente modificados, desenvolvido em Piracicaba, interior de São Paulo, será levado para Juiz de Fora, em Minas Gerais. A prefeitura da cidade mineira assinou nesta terça-feira (11) contrato com a empresa Oxitec, detentora do método, para iniciar o projeto em três bairros urbanos. 
Juiz de Fora enfrentou grave epidemia de dengue em 2016, com mais de 18 mil casos confirmados e 48 mortes, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. A doença é passada pelo Aedes selvagem, que transmite também zika, chikungunya e pode transmitir febre amarela. 
O Aedes transgênico impede a reprodução do parente selvagem e reduz a população do transmissor. De acordo com o prefeito Bruno Siqueira (PMDB), o programa vai custar cerca de R$ 60 mil mensais, mas serão usados recursos repassados pelo Ministério da Saúde para ações contra a dengue. "Vamos começar pelos bairros Monte Castelo, Santa Luzia e Olavo Costa, onde tivemos uma incidência maior de casos no ano passado. Nesses locais vivem cerca de 10 mil pessoas, mas o plano é estender a outras regiões que também foram críticas, abrangendo cerca de 50 mil moradores", disse. A cidade tem 559 mil habitantes e, segundo o prefeito, a expectativa é de que o programa reduza o risco de nova epidemia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DUPLA ASSALTA PASSAGEIROS DE ÔNIBUS NA BA, TENTA ATIRAR EM VÍTIMA QUE NÃO TINHA DINHEIRO E ARMA FALHA

Um assalto a um ônibus da empresa Santana deixou 26 passageiros desesperados na manhã desta sexta-feira (10), na BR-324, nas imedia...