quarta-feira, 18 de maio de 2016

PESQUISA APONTA QUE BRASIL PERDEU 23.565 LEITOS NO SUS EM CINCO ANOS




Pesquisa aponta que Brasil perdeu 23.565 leitos do SUS em cinco anos
Foto: Manu Dias/GOVBA



Segundo pesquisa feita pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), o Brasil perdeu 23.565 leitos na rede pública do Sistema Único de Saúde (SUS) entre 2010 e 2015. A redução é de 7%, passou de 335.482 para 311.917 leitos. De acordo com a organização, as maiores perdas são em psiquiatria, obstetrícia, pediatria e cirurgia geral. Na Bahia, a variação de leitos foi de 25474 para 23348, havendo, desta forma, uma redução de 2126 leitos. As maiores reduções da Bahia são nas especialidades de pediatria (910 leitos), cirúrgico (682), obstétrico (549), outras especialidades (125). Há, entretanto, aumento de leitos em clínicos (83) e hospital/dia (57). O Ministério da Saúde (MS) afirmou que a redução tem relação com as mudanças na Política Nacional de Saúde Mental, voltadas à “desospitalização”, e investimentos do ministério em novos modelos. "A redução no número de leitos se deve também ao investimento que o Ministério da Saúde tem feito em novos e diferentes arranjos do modelo de atenção, como o fortalecimento da Atenção Básica e a ampliação de cirurgias ambulatoriais. 

Podemos ressaltar, ainda, a introdução de novas técnicas e tecnologias cirúrgicas, de diagnósticos e de tratamento que possibilitou a diminuição da média de permanência no leito, permitindo uma maior rotatividade na ocupação dos leitos”, declarou o MS. As maiores reduções aconteceram, proporcionalmente, no Rio de Janeiro (22%), Sergipe (20,9%), Distrito Federal (16,7%), Paraíba (12,2%), Goiás (11,5%) e Acre (11,5%). Entretanto, sete estados registraram aumento no número de leitos nos cinco anos: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amapá, Tocantins, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) não estabelecem taxas ideais de número de leitos por habitante.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

POPULAÇÃO DEVE COMBATER O AEDES AEGYPTI EM 2017

Com a virada do ano e a chegada do verão, período chuvoso e quente, devemos redobrar os cuidados com a limpeza de caixas d’água, pisci...