quarta-feira, 18 de maio de 2016

FEIRA DE SANTANA: CHUVA CHEGA E COM ELA, AS SEMENTES




As chuvas começam a cair na região de Feira de Santana. Com o tempo dando bons sinais, os pequenos agricultores da zona rural se preparam para o plantio. Alguns já araram a terra para receber as sementes de milho e feijão, que já estão sendo distribuídas pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Recursos Hídricos.  Ao todo mais de 19 mil famílias serão beneficiadas com as sementes.

Nesta terça-feira, 17, foi a vez dos agricultores da sede e povoados dos distritos de Jaguara e Bonfim de Feira receberem os grãos. Somente nestas localidades serão contempladas mais de duas mil famílias. Além delas, também já foram contemplados os agricultores de Jaíba.

O prefeito José Ronaldo de Carvalho e os secretários municipais de Agricultura, Joedilson Machado, e o chefe de gabinete do prefeito, Mário Borges, acompanharam a entrega. A distribuição começou nos povoados de Barra, Lagoa D`água, Rio do Peixe e Bebedouro, no distrito de Jaguara; e se estendeu para as comunidades de Bonfim de Feira.

Neste ano, a Prefeitura vai distribuir 75 toneladas de sementes – 50 de feijão e 25 de milho - 25% a mais com relação ao ano passado, quando forem entregues 60 toneladas. A entrega está sendo feita pelas associações comunitárias.

De acordo com o secretário municipal de Agricultura, Joedilson Machado, o período agrícola no município começou em 1º de abril e se estende até o dia 15 de junho - o plantio está vinculado ao Seguro Garantia Safra.

Segundo ele, a Prefeitura vai arar o solo para o plantio da safra de inverno dos agricultores que não puderem pagar pelo serviço, usando a frota própria de tratores.

“A grande maioria das associações comunitárias tem tratores. Aquelas que não possuem, a Prefeitura disponibiliza os equipamentos para executar esse serviço", disse.

DISTRIBUIÇÃO EM TODOS OS DISTRITOS

O prefeito José Ronaldo observa que, mesmo diante de um momento de crise, o Governo Municipal mantém o programa de distribuição de sementes, que representa uma grande ajuda para os agricultores. "O plantio do feijão e do milho faz parte da cultura de subsistência dos pequenos produtores da zona rural do município", diz. 

Em Jaguara, o prefeito visitou os povoados de Barra, Lagoa D’Água, Rio do Peixe e Bededouro. Em cada um deles acompanhou a distribuição das sementes. Os agricultores formaram filas para receber os grãos, que eram depositados em sacos plásticos ou baldes. O mesmo ocorreu na sede de Bonfim de Feira.

A lavradora Marizete Araújo, 50 anos, moradora da Barra, já preparou a terra de sua pequena propriedade para o plantio. Ela fez uso da enxada. “É só chover mais um pouquinho para começar a plantar. E se a safra for boa vamos ter feijão e milho até o inverno do próximo ano”, disse.

Cada agricultor está ganhando três litros de feijão e 1,5 de milho. Moradora do povoado Lagoa D’Água, Maria das Graças Ribeiro, 57, também festejou. “Graças a Deus vamos ter chuva pra garantir o feijão do ‘pirão’ o ano todo”, disse confiante a lavradora que teve 19 filhos – onze morreram nos primeiros meses de vida.

Os pequenos agricultores de Bonfim de Feira também movimentaram a sede do distrito. A lavradora Nilzete Conceição, 44, deixou o trator, que foi disponibilizado pela Prefeitura através da associação, arando a terra para pegar as sementes. Os grãos de milho e feijão são entregues aos agricultores cadastrados pela associação.

A previsão, conforme o prefeito, é que até a próxima terça-feira, 24, todos os distritos sejam contemplados com a distribuição das sementes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MARIDO MATA MULHER, ESCONDE CORPO E PEDE DESCULPA EM CARTA

Correio24horas O caseiro Orlando de Jesus, 53 anos, teve prisão temporária decretada nesta sexta-feira (20) acusado de matar a ...