sábado, 2 de abril de 2016

FUTEBOL: NOVO DOCUMENTO ENVIADO PELA CBF FEZ TJD-BA ADIAR PARECER SOBRE VICTOR RAMOS




O surgimento de um novo documento adiou a definição sobre o caso da suposta irregularidade sobre Victor Ramos. De acordo com o Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA), o parecer será dado segunda-feira, pela manhã.

O CORREIO descobriu, com exclusividade, que no fim da tarde desta sexta-feira (1º) chegou ao TJD-BA uma documentação assinada pelo diretor de Registro e Transferência da CBF, Reynaldo Buzzoni, que na segunda-feira já havia enviado um e-mail à Federação Bahiana de Futebol (FBF) para esclarecer a situação do zagueiro.

O papel timbrado com o símbolo da CBF reafirma que a transferência de Victor Ramos é de caráter nacional, uma vez que o clube detentor dos direitos do atleta, o Monterrey, do México, não solicitou o retorno do empréstimo do jogador no TMS, sistema online de transferências internacionais.

Sendo assim, de acordo com a CBF, o ITC (Certificado de Transferência Internacional, em português) permaneceu no Brasil. A novidade que consta no documento é que, por conta da permanência do ITC do Brasil, o Monterrey autorizou a CBF a fazer uma transferência direta do Palmeiras para o Vitória, sem necessidade do retorno do ITC ao país mexicano.

Apesar da posição da CBF, o Flamengo de Guanambi sustenta a sua desconfiança sobre a situação do zagueiro porque nem o Regulamento do Status e Transferência de Jogadores, da Fifa, nem o Regulamento Nacional de Registro e Transferência de Atletas de Futebol, da CBF, preveem a reutilização do ITC, ainda que o clube dono dos direitos federativos e o país de destino do jogador sejam os mesmos. Segundo os regulamentos, cada transferência gera um novo ITC, já que carrega consigo o contrato de empréstimo entre os clubes.

Além da CBF, a FBF também encaminhou os documentos já apresentados publicamente ao responsável pelo caso. Por conta disso, o 2º subprocurador do Tribunal de Justiça Desportiva, Hélio Menezes Júnior, responsável pelo caso, passará o fim de semana avaliando os novos documentos para se posicionar e, então, definir se o caso será denunciado ou arquivado.


(CORREIO24HORAS)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

MARIDO MATA MULHER, ESCONDE CORPO E PEDE DESCULPA EM CARTA

Correio24horas O caseiro Orlando de Jesus, 53 anos, teve prisão temporária decretada nesta sexta-feira (20) acusado de matar a ...