terça-feira, 26 de janeiro de 2016

GRÁVIDAS DO BOLSA FAMÍLIA RECEBERÃO REPELENTES






O ministro da Saúde, Marcelo Castro, afirmou nesta segunda-feira (25) que o governo brasileiro distribuirá às grávidas cadastradas no programa Bolsa Família repelentes para que possam se proteger do mosquito Aedes egypti, que transmite o Zika vírus, apontado como responsável pelos casos de microcefalia que têm sido registrados no país desde o fim do ano passado.

O ministro voltou a se reunir nesta segunda com a presidente Dilma Rousseff e com mais cinco ministros para discutir medidas de combate ao mosquito. Além do Zika vírus, o Aedes aegypti transmite, por exemplo, a dengue e a febre chikungunya.

"Vamos distribuir [repelentes]. Na quarta, teremos encontro aqui no [Palácio do] Planalto com fabricantes de repelentes para ver a quantidade que eles podem fornecer. Vamos adquirir e distribuir para as pessoas que sejam gestantes e que estejam no Bolsa Familia. Às outras pessoas, recomendamos que usem os repelentes aprovados pela Anvisa", disse Castro.

Foram chamados ao Palácio do Planalto, nesta segunda, seis ministros: Marcelo Castro (Saúde), Aloizio Mercadante (Educação), Edinho Silva (Comunicação Social), Gilberto Occhi (Integração Nacional), Jaques Wagner (Casa Civil) e Tereza Campello (Desenvolvimento Social).

Segundo apurou o G1, o grupo discutiu, entre outras medidas, o combate in loco ao Aedes aegypti, mobilização social e campanhas publicitárias com o objetivo de conscientizar a população sobre como prevenir que o mosquito se prolifere e espalhe vírus causadores de doenças.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

DOCUMENTO DE VEÍCULOS TERÁ VERSÃO DIGITAL ATÉ O FINAL DE 2018

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira (13) resolução que cria uma versão digital do Certificado de Reg...